Fale conosco pelo WhatsApp

Laser para remoção de manchas

O laser para remoção de manchas se tornou o queridinho dos pacientes nos consultórios dermatológicos. Essa grande procura deve-se ao fato da eficácia do tratamento e o poder de associação a procedimentos já consagrados que usam ácidos e demais medicamentos para clareamento da pele.

laser para remoção de manchas

Por vezes, em três a quatro sessões, é possível ver o clareamento das manchas no rosto e demais partes do corpo, sendo que em outros protocolos dermatológicos esse período costuma ser maior. Para se ter a indicação do laser para remoção de manchas é imprescindível consultar-se com um dermatologista.

Esse cuidado refere-se à possibilidade de hiperpigmentação dessas manchas — a piora delas —, caso sejam submetidas a protocolos de forma equivocada. Logo, para ter o tratamento correto com uso de laser para remoção de manchas, é necessário ter atendimento médico e não estético.

Os lasers para remoção de manchas utilizados na atualidade são:

  • Laser Q switched;
  • Laser de luz pulsada;
  • Laser de CO2.

Os lasers agem diretamente nos melanócitos (células produtoras de melanina, componente responsável pela pigmentação da pele) colaborando na uniformização do tom da pele, melhorando o aspecto dela. Esse tipo de laser é ainda capaz de induzir a produção de colágeno e elastina, melhorando também o viço da pele do paciente.

O laser CO2 também pode ser usado na remoção de manchas da pele, além de ter seu alto poder de rejuvenescimento e de melhoria de cicatrizes de acne como diferencial. É comum que o protocolo que envolva a aplicação de laser para remoção de manchas seja combinado ao de rejuvenescimento facial.

O equipamento de laser emite ondas de luz que vão atuar diretamente no local da mancha, promovendo a quebra microscópica do pigmento, um processo inflamatório e, posteriormente, de cicatrização. O alcance do laser dependerá da mancha a ser removida e sua pigmentação. Ou seja, o laser para remoção de manchas age de dentro para fora.

O processo cicatricial também fará com que o organismo produza mais colágeno e elastina, resultando assim em uma pele mais uniforme e saudável.

A pele que recebeu o tratamento a laser para remoção de manchas fica sensibilizada e em alguns casos pode ocorrer a hiperpigmentação pós-inflamatória transitória, uma mancha escura no local da aplicação que, como o nome já diz, é transitória desde que o paciente siga à risca todos os cuidados indicados pelo dermatologista.

Essa orientação refere-se a correta higienização e hidratação da pele, assim como o uso de bloqueador solar de alto fator, acima do 30, por exemplo. É indispensável que o paciente não se exponha aos raios solares de forma direta (ir à piscina ou a praia) até a completa cicatrização da pele.

O uso de dermocosméticos e tratamentos complementares deve ter o aval do dermatologista, sendo comumente indicado a espera de 7 a 10 dias, no mínimo, para o uso. Os tratamentos estéticos devem ser avaliados e feitos apenas após o término do protocolo estipulado com o laser.

Por mais que o laser para remoção de manchas seja na atualidade o protocolo mais efetivo, existe sim a chance de as manchas retornarem ou de surgirem em outros locais. Por isso é tão importante que o paciente tenha como hábito o uso diário de protetor/bloqueador solar. Essa é a forma de evitar que as manchas retornem ou piorem.

A resposta a esse questionamento é: depende. O dermatologista precisa analisar com precisão essas manchas, identificar a fonte causadora para depois indicar o tratamento. O que se pode afirmar é que, os tratamentos a laser duram, em média, três meses, sendo possível apenas uma aplicação ao mês, totalizando três sessões. Mas podem vir a ser necessárias mais sessões para a resolução do problema.

O valor total do tratamento está condicionado ao número de sessões necessárias, ao equipamento (tecnologia do laser) utilizado pelo profissional, honorários do dermatologista e dos produtos a serem utilizados em casa.

É possível apenas passar um valor aproximado com base no valor da sessão. Essa precificação varia de R$ 100 a R$ 1.500 por sessão, dependendo do laser utilizado. Para que a indicação do laser para remoção de manchas seja um investimento realmente efetivo, converse com um dermatologista.