Fale conosco pelo WhatsApp

Depilação a laser

Desde a década de 90 a depilação a laser ganha adeptos. O procedimento, que promete a remoção de todos os pelos do corpo e rosto, é feito em consultório dermatológico ou clínica especializada. Diferente de outros métodos, a técnica se beneficia da tecnologia para ser eficaz.

depilação a laser

A depilação a laser faz com que ocorra o enfraquecimento do pelo, de uma forma que ele pare de crescer. Pode ocorrer a falência total da raiz do folículo piloso ou ele pode vir a ter seu crescimento restaurado, mas isso após cinco anos ou mais, considerando também alterações hormonais do paciente.

Da década de 90 até os dias atuais, muitos tipos de depilação a laser surgiram no mercado, assim como as indústrias fornecedoras desses equipamentos evoluíram seus produtos. Atualmente, o laser Vectus® é referência no segmento, com resultados satisfatórios.

Na clínica RRufato, o protocolo de depilação a laser é feito com a tecnologia Vectus®. Saiba a seguir informações relativas ao tratamento.

A pacientes que não se adaptaram a outros métodos depilatórios, como a cera quente/fria, a lâmina ou cremes depilatórios. A indicação de fazer o tratamento com depilação a laser ocorre a pessoas que sofrem com pelos encravados, alergias e foliculite, e que querem um método efetivo e duradouro de combate ao nascimento dos pelos.

A depilação a laser pode ser feita por homens e mulheres, sendo que diversas regiões do corpo podem ser submetidas a metodologia. Locais que podem receber o laser:

  • Pernas;
  • Axilas;
  • Virilha;
  • Ânus;
  • Costas;
  • Face feminina e face masculina (barba).

A resposta a esse questionamento é: depende do nível de sensibilidade apresentado pelo paciente. O feixe de luz do laser promove um aquecimento da região provocando a sensação de que algo pinicou a pele.

Logo, não há relatos de que a depilação a laser seja dolorida e, sim, promova um pouco de incômodo. Mas, como mencionado, tais sensações variam de cada paciente e na região em que o protocolo está sendo realizado.

A evolução dos equipamentos utilizados tende a minimizar o desconforto pelo resfriamento da ponteira, o que acaba atuando como um anestésico. Na clínica RRufato anestésicos são aplicados na pele para alívio de possíveis incômodos.

É importante ressaltar que as sessões são rápidas. Por vezes, não ultrapassam 20 minutos (isso se a paciente estiver fazendo depilação a laser nas pernas, virilha e axilas, por exemplo).

Antes de cada sessão o paciente deve seguir alguns cuidados. O primeiro e mais importante é que o método de depilação feito em casa seja exclusivo com lâmina ou creme depilatório.

A raiz do pelo não pode ser removida, uma vez que o laser atinge essa raiz para enfraquecê-la e provocar a falência desse folículo piloso.

Essa depilação deve ocorrer, no máximo, três dias antes da sessão agendada no consultório ou clínica especializada. Para que o laser consiga atingir o alvo, é necessário que ele tenha, ao menos, um milímetro de espessura aparente. Fazer uso de esfoliantes um dia antes da depilação a laser ajuda a desencravar os pelos e tornar o tratamento mais efetivo.

No dia da sessão nada de hidratantes, óleos corporais ou dermocosméticos. A pele deve estar higienizada apenas com água e sabão. É recomendado o uso de roupas leves e que não fiquem muito coladas na região que recebeu o tratamento com laser, já que o contato da roupa com a pele pode resultar em um certo desconforto.

O tratamento deve ser feito em um ambiente fechado sendo que o equipamento de depilação a laser deve ser manuseado por um médico. O Vectus®, por exemplo, identifica o fototipo do paciente e emprega a intensidade com base no tom da pele e do pelo do paciente, considerando também parâmetros como a quantidade e grossura do pelo.

Tanto o profissional de medicina quanto o paciente devem proteger os olhos e não devem estar usando quaisquer objetos de metal — brincos, correntes e afins — durante a sessão.

É por meio de uma ponteira que esse laser é passado por toda a extensão do local a ser tratado, de forma rápida. Não é necessário que o mesmo local receba vários “disparos” do laser. Com apenas um ele já faz o efeito.

A depilação a laser é bem rápida. Usando como exemplo as axilas, em cinco minutos a sessão está encerrada.

É importante que o paciente espere de 30 a 45 dias para realizar a próxima sessão de depilação a laser. Não se expor ao sol também é recomendado e caso o faça, certifique-se de usar e reaplicar bloqueador solar.

No mais, não são necessários cuidados em casa. A atenção fica apenas nos métodos de depilação caseiro que não podem remover o pelo da raiz.

É importante evidenciar que não são todas as pessoas que podem fazer a depilação a laser. O procedimento é contraindicado nas seguintes situações:

  • Pessoas com fototipo alto (peles escuras) – e após avaliação individual;
  • Peles bronzeadas têm contraindicação ao procedimento de depilação a laser;
  • Grávidas e lactantes;
  • Indivíduo com herpes ativa;
  • Paciente que faça uso de algum tipo de ácido na região a ser submetida ao laser;
  • Mulheres em tratamento de reprodução humana assistida ou na fase de tentantes;
  • Pacientes em tratamento com Roacutan;
  • Pacientes diagnosticados com doenças autoimunes fotossensíveis (que tem sensibilidade à exposição à luz).

Devido ao grande número de contraindicações é importante que a pessoa com a intenção de se submeter a depilação a laser passe por uma avaliação criteriosa para posterior indicação ao protocolo.

O número de sessões para depilação com laser dependerá da espessura do pelo, cor e do fototipo (cor da pele) de cada paciente. Recomenda-se, em média, seis sessões. Mas pode vir a ser necessário o dobro disso para que o resultado seja efetivo.

Muito se condiciona a depilação a laser como um método definitivo e isso não é verdade. Pode ocorrer a total falência do folículo piloso, mas o que ocorre é que passados alguns anos, alguns pelos voltem a se mostrar salientes, necessitando a manutenção no tratamento.

O preço dependerá do número de sessões necessárias ao paciente. Para saber valores, entre em contato com a clínica RRufato e agende uma consulta com a nossa especialista em depilação a laser.