Fale conosco pelo WhatsApp Fale conosco pelo WhatsApp

Principais Doenças Causadas Pela má Alimentação

Alimentos de fast food em cima de uma mesa de madeira
05 out, 2021

Restringir o consumo de alimentos gordurosos e priorizar os que favorecem o bom funcionamento do corpo é o suficiente para se manter no peso ideal e espantar doenças

Pesquisas sobre os riscos de doenças causadas pela má alimentação colocam o Brasil em uma posição desfavorável em relação à qualidade de vida e saúde da população por conta de má nutrição.

Nossos hábitos influenciam diretamente na constituição e funcionamento do corpo. Assim, quando se trata de querer ter um corpo saudável e bonito, deve-se focar no que está sendo consumido.

Doenças causadas pela má alimentação

Transtornos alimentares e doenças causadas pela má alimentação provocam tanto problemas psicológicos, como fisiológicos nos pacientes.

Uma dieta rica em gorduras trans, sódio, açúcares e carboidratos alteram o metabolismo do organismo, enfraquecendo sua imunidade, desencadeando diversas disfunções. As 10 principais são:

  • Obesidade;
  • Colesterol alto;
  • Diabetes;
  • Gastrite;
  • Hipertensão arterial;
  • Desnutrição;
  • Doenças degenerativas;
  • Prisão de ventre;
  • Anemia nutricional;
  • Osteoporose.

O primeiro sinal de que o corpo não está bem nutrido é o ganho de peso, seguido por distúrbios associados, como os cardiovasculares: hipertensão arterial, arritmia, colesterol alto.

O desejo de corresponder aos padrões de beleza, somado ao consumo inadequado de alimentos, geram problemas psicológicos, como depressão, ansiedade, além de anorexia, bulimia e compulsão alimentar.

Dessa maneira, cria-se um círculo vicioso em que o paciente se sente insatisfeito com seu corpo, descontando na comida, aumentando mais ainda suas doenças causadas pela má alimentação e ficando sem perspectivas de como solucionar seus problemas.

Assim, o quadro só se agrava do ponto de vista psicológico e metabólico, uma vez que o corpo desencadeia disfunções correlacionadas.

O que evitar?

Tratamentos estéticos não vão solucionar as doenças causadas pela má alimentação, sendo apenas colaboradores para o paciente superar essa condição, após adotar novos hábitos.

Em busca de solucionar esse quadro, o paciente pode contar com o suporte de uma equipe interdisciplinar de especialistas: médico, nutricionista, psicólogo, preparador físico…

Inicialmente, o médico especialista vai pedir exames para entender todas as disfunções metabólicas e deficiências nutricionais do paciente para propor as primeiras medidas a serem adotadas.

Caso julgue necessário, pode-se administrar remédios para inibir o apetite ou controlar crises de depressão e ansiedade. Um dos fatores mais importantes para a cura do paciente é modificar seus hábitos alimentares.

Um plano alimentar será elaborado de acordo com cada fase em que o paciente se encontra para auxiliá-lo na conquista do seu peso ideal e combate a doenças causadas pela má alimentação.

Dependendo das condições do indivíduo, pode-se trabalhar com dietas restritivas, antes de introduzir a reeducação alimentar. Haverá o estímulo constante para que o paciente consuma alimentos diversificados, criando uma dieta balançada em termos nutricionais.

Os procedimentos estéticos podem estar presentes em todo momento do tratamento, pois apresentam ótimos resultados quando associados a uma rotina equilibrada de consumo de calorias e exercícios físicos.

Cada indivíduo tem uma necessidade calórica de acordo com seu biotipo, o que será levado em consideração pelo especialista na hora de orientá-lo a que tipos de alimentos consumir.

Uma alimentação saudável não está relacionada apenas à quantidade de calorias ingeridas, mas à qualidade delas, por isso a pessoa deve priorizar cereais integrais, legumes, frutas, verduras e carnes com baixo índice de gordura e ficar atento ao consumo diário de sódio e açúcar.

Mesmo em uma dieta balanceada, as pessoas deixam de ingerir a quantidade ideal de vitaminas e minerais, por isso fazer a suplementação com um polivitamínico confere ótimos resultados.

Novos hábitos

Durante o tratamento de doenças causadas pela má alimentação, o paciente é conscientizado dos benefícios de uma dieta equilibrada, baseada na reeducação alimentar para inibir a incidência de doenças crônicas.

Além de se preocupar em nutrir bem o corpo, o indivíduo mantém sua saúde quando adota a prática regular de exercícios físicos para fortalecer seu sistema imunológico e estrutural.

Fonte:

Sociedade Brasileira de Alimentação e Nutrição (SBAN).

Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia.